O Instituto Terroá

Conheça a história do instituto

O Instituto Terroá, uma associação sem fins lucrativos, nasceu em 2015, fruto da preocupação de seus fundadores em trabalhar por resoluções de desafios globais e locais de forma sistêmica e holística. Era certo o desejo de articular estratégias de impacto que conectasem as dimensões política, social, cultural, econômica e ambiental.

A partir da experiência trazida por seus membros, uma equipe multidisciplinar, um conjunto de métodos e ferramentas foi organizado ou desenvolvido para que Terroá pudesse orientar sua ação como facilitador ou catalisador de processos que contribuem para impactos positivos. Mas com um foco especial: promover o desenvolvimento sustentável de territórios.

Inspirado no termo terroir, o conceito Terroá é concebido como a especificidade de um dado lugar em relação às suas identidades e relações culturais, geográficas, climáticas e sociais. Consideramos “Terroá” como o DNA de uma determinada região, comunidade ou comunidade, ou seja, as características únicas que um território e seu povo possuem.

 

Nossa Missão

Apoiar e facilitar processos participativos para a criação de soluções integradas que promovam o desenvolvimento sustentável.

 

Desenvolvimento Territorial

Para trabalhar no âmbito do desenvolvimento territorial, desenvolvemos um método de catalisação social e inovação, denominado “7 passos Terroá”: um passo a passo baseado no empoderamento e proteção de indivíduos e comunidades que juntos criam, planejam e executam sonhos coletivos.

O fio condutor do nosso trabalho é guiado pela abordagem da Segurança Humana, desenvolvida pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), visando a aplicação de um novo paradigma de segurança e desenvolvimento sustentável. Além disso, para a implementação de nossos programas e projetos, somos inspirados por um conjunto de metas internacionais, como os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, consolidados pela Agenda 2030. Nosso desafio é agir localmente por meio de práticas e ideias que podem ser disseminadas globalmente.

 

A singularidade de cada território

Nosso entendimento é que os processos de desenvolvimento territorial são dinâmicos, tanto em ritmo como em forma. Trabalhamos numa abordagem participativa, holística e horizontal, orientada pelo respeito pelo sentido de legitimidade, pertencimento e identidade que cada indivíduo, grupo, organização, comunidade ou território possuem em suas próprias relações e contexto.